GANHE RESPEITO DOS DEMAIS TENDO A OUSADIA DE SER VOCÊ MESMO.

sábado, 23 de abril de 2011

Americanos fazem recall de dispositivo usado em tratamento pós-mastectomia

Partículas liberadas podem levar à morte

O recall de um dispositivo médico que deixou partículas de tungstênio nos seios das mulheres foi classificado como o tipo mais sério de recall, envolvendo "uma situação com probabilidade de sérias reações adversas ou morte", segundo divulgou o FDA, departamento americano responsável pelo controle de alimentos e medicamentos.

O dispositivo Axxent FlexiShield Mini, segundo reportagem do "New York Times" é uma almofada feita de tungstênio e borracha de silicone, que foi temporariamente colocado dentro das incisões nos seios durante um tratamento de dose única de radiação depois de uma mastectomia. As almofadas foram usadas para direcionar o feixe de radiação e proteger o tecido saudável, mas eram falhas e deixaram o tecido mamário e músculos do peito cheios de centenas de partículas de tungstênio.

Não se sabe se o tungstênio é perigoso porque há pouca pesquisa sobre seu efeito em humanos a longo prazo, mas o metal aparece em mamografias e pode dificultar a leitura do exame, já que suas partículas se assemelham a depósitos de cálcio, o que pode indicar câncer.

Até agora se sabe que 29 mulheres foram afetadas: 27 no Hoag Memorial Hospital Presbyterian, em Newport Beach, Califórnia e duas no Karmanos-Crittenton Cancer Center, em Rochester Hills, Michigan. Dessas, 16 tiveram acompanhamento da mamografia seis meses depois da cirurgia e em todas foram encontradas partículas de tungstênio.

O Axxent FlexiShield Mini foi liberado pelo FDA em junho de 2009 em um processo que considerava os dispositivos equivalentes aos produtos disponíveis no mercado. Dessa forma, o processo demorou menos tempo e não precisou ser testado em humanos.

O GLOBO - NOVA YORK

Nenhum comentário: